Antro Particular

09 setembro 2008

Próximo passo...

Dezembro de 2007. Um telefonema de NY. Do outro lado da linha, Gerald dizia coisas aparentemente sem sentido, mas na verdade era eu que não conseguia mais ouvir. ‘Vocês precisam se conhecer...’, ‘Vocês têm que trabalhar juntos!’ Eu tentava entender, porém aquelas palavras soavam como um sonho estranho.

‘Sim, Gerald, eu tenho uma peça. Quero montar no ano que vem a cena que apresentei no Satyrianas’. Na verdade, a peça era apenas uma cena de quinze minutos e muitas idéias soltas.

De janeiro até agora muito foi construído, destruído, refeito, abandonado. E hoje, enfim, posso afirmar sem temor: eu tenho uma peça. Correção: nós temos. A Cia. de Teatro Antro Exposto estréia em novembro seu segundo trabalho: Complexo Sistema de Enfraquecimento da Sensibilidade.

E quem era ele, o tal cara com quem eu deveria muito trabalhar, afinal? Apenas, e somente, o compositor Patrick Grant. E como apresentá-lo? Bom, Patrick tem realizado músicas originais para The Living Theatre e Robert Wilson, entre tantos outros artistas.

Pois é. A nova montagem da cia. terá a participação de Patrick como compositor, com uma pesquisa sobre Edgar Morin e Gilles Deleuze. E não só isso. Muito mais vem por aí. Como escrevi antes, cada informação tem o seu tempo. Mas as boas notícias não acabam agora.

Nesse instante, quero me embriagar com os ensaios e com a música de Patrick. E convidar a todos que participem dessa maravilhosa loucura chamada Complexo Sistema de Enfraquecimento da Sensibilidade.

A Cia. de Teatro Antro Exposto não cabe em si. Felicidade é pouco...





1 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home