Antro Particular

06 dezembro 2005

DESABAFO: o sado-masoquismo de ser brasileiro

Postado na hospedagem anterior do blog na quinta-feira, 9 de junho de 2005
08:57:41


Não sou apaixonado por futebol. Daqueles que vestem a camiseta do clube do coração, inventa doença para não comparecer ao trabalho em dia de jogo, grita o gol na janela enquanto os fogos brilham nos olhos. Estou muito longe disso. Não sei os dias dos jogos, quantos são os campeonatos. Mas quando o assunto é seleção brasileira, lá estou em frente à televisão roendo as unhas e me segurando a flor da pele. Um jogo entre Brasil e Argentina sempre sugere sorrisos maliciosos, certo prazer masoquista no querer sofrer noventa minutos, pois o gozo, ao fim, é certo e válido. 3 a 1. E uma participação patética dos nossos jogadores durante um primeiro tempo que teremos que engolir durante décadas pelos comentários de nossos vizinhos. Por que o futebol brasileiro moderno não se mostra tão moderno quanto poderia? O profissionalismo surge pago em euros, o real não estimula a criatividade de nossas safras de fenômenos. A máfia dos clubes, a delinqüência administrativa da CBF, a inconseqüência dos jogadores que parecem acreditar no resultado antecipado pelo simples fato de ser quem são. Resta ao torcedor juntar as mãos e rezar pela sorte de um destino torto comandado pelo pensamento reinante de que vai dar certo porque eles são a seleção brasileira...

Também não sou expert em política. Daqueles que carregam bandeira do partido filiado, inventa argumentos para não escutar as diretrizes dos outros, grita a vitória enquanto os números brilham nos olhos. Estou muito longe disso. Não sei os dias dos plenários, quantos são os deputados. Mas quando o assunto é a nação brasileira, lá estou devorando um jornal com a garganta seca e me segurando a flor da pele. Um escândalo entre o Governo Federal e o Congresso sempre sugere uma inconformidade pessimista, certa aceitação sádica no querer bater em qualquer um, pois a pizza, ao fim, é certa e imposta. 30 mil reais. E o envolvimento patético dos nossos governantes durante um primeiro mandato que teremos que engolir durante décadas pelos comentários de nossos patrões. Por que a política brasileira moderna não se mostra tão moderna quanto deveria? A politicagem surge paga em milhares de reais e o construir um país não estimula a sinceridade de nossas safras de promessas. A máfia dos partidos, a delinqüência administrativa do Correio, a inconseqüência dos deputados que parecem acreditar na falta de resultado pelo simples fato de ser quem são. Resta ao cidadão juntar as mãos e rezar pela sorte de um destino torto comandado pelo pensamento reinante de que vai dar certo porque eles são o partido dos trabalhadores...

Verde-amarela, amarelo canarinho-azul ou vermelha estrelada... Sejam quais forem as cores que usemos está ficando cada dia mais cansativo ser brasileiro no Brasil.

2 Comments:

  • Realmente adorei o seu texto, e o título nem se fala. Agora 3x1 dá para contornar a situação, mas a politicagem tem que ter muita reza...
    Abs.

    enviado em 9/6/2005 09:34:00

    By Anonymous GUSTAVO (ALFIE) - comentário recuperado da hospedagem anterior, at 1:08 AM  

  • Feliz comparação entre a atual situação política do Brasil e o futebol apresentado ontem pelos "canarinhos".

    Ambos se perdem na podridão da administração. E nós, brasileiros fanáticos, patriotas até o último minuto, ficamos assitindo toda essa merda acontecer sem fazer nada. Textos como os seus, tem que ser publicados muito além do blog. Este tem que sair da esfera "particular" e ir para esfera "Antro PÚBLICO", pois certamente nos faz pensar para o caminho que as coisas estão tomando... seja no futebol, seja na política...

    Até a imprensa brasileira é duvidosa neste sentido político. Pois estão mais comprometidos que muitos deputados e partidos por aí. A imparcialidade já não existe mais, principalmente pq os granges grupos de mídia do interior do Brasil são de propriedade dos próprios políticos. O retrato de hoje na comunicação é o mesmo da Idade Média. Quem controla a prensa, está no poder. E isso me faz pensar... "Oras, então para que publicar?"

    Enfim... to com a cabeça cheia de dúvidas... foi um desabafo....

    Abraços revoltos....

    Ri

    enviado em 9/6/2005 13:59:00

    By Anonymous RICARDO PORTO - comentário recuperado da hospedagem anterior, at 1:09 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home